Aqui tem Farmácia Popular | Ampliando o acesso aos Medicamentos
Untitled Document
Dicas
  • I.Ligue para um de nossos telefones para saber se o medicamento que voce esta precisando pertence a lista padrao da farmácia popular do Brasil :
    Os Nomes dos medicamentos disponíveis na farmácia popular do Brasil sao identificados pelo nome do principio ativo. Se o seu medicamento foi prescrito pelo nome comercial e voce nao sabe se pertence a lista padrao da farmácia. Voce só precisa ligar para um de nossos telefones que terá um profissional qualificado para lhe ajudar;

    Farmácia Popular do Brasil - Sao José, Telefone: 3639-8953 ou 3214-1165.
    Farmácia Popular do Brasil - Centro, Telefone: 3631-8348.
    Farmácia Popular do Brasil - Santa Etelvina, Telefone 3228-3821 ou 3228-7821.
    Farmácia Popular do Brasil - Coarí, Telefone: (97) 3561-3548.
    Farmácia Popular do Brasil - Cidade Nova, Telefone: 3636-1531.
    Farmácia Popular do Brasil - Compensa, Telefone: 3673-8006.

  • II. Cuidado com a RECEITA, a RECEITA é um documento. Segue alguns cuidados que devem observados na receita:
    Nao recebemos receitas com emenda ou rasura;
    Aceitamos apenas receitas com a identificaçao do prescritor, carimbo e assinatura;
    Nao dispensamos receitas sem a apresentaçao do medicamento;
    Trabalhamos apenas com o Nifedipino 20mg Retard. É importante estar descriminado a palavra "Retard" na receita;
    Nao atendemos cópias de receitas "xérox".

  • III. Medicamentos de CONTROLE ESPECIAL. Orientaçoes quanto a dispensaçao de medicamentos de controle especial:

    A farmácia popular do Brasil disponibiliza nove tipos de medicamentos de controle especial dois da lista B1 (FENOBARBITAL 100MG COMP E DIAZEPAM 5MG E 10MG COMP) e sete da lista C1 (AMITRIPTILINA 25MG COMP; BIPERIDENO 2MG COMP; CARBAMAZEPINA 200MG COMP; CLORPROMAZINA 25MG E 100MG COMP; FENITOÍNA 100MG COMP; HALOPERIDOL 2MG SOLUÇAO ORAL E 1MG E 5MG COMP; VALPROATO DE SÓDIO XAROPE).

    O medicamento DIAZEPAM é o único da farmácia popular do Brasil que é prescrito na NOTIFICAÇAO DE RECEITA (documento que acompanhado de receita autoriza a dispensaçao de medicamentos a base de substâncias da "B1"psicotrópicas). Deverá preenchida de forma legível, sem emenda ou rasura.

    A farmácia ou drogaria somente poderá aviar ou dispensar quando todos os itens da receita e da respectiva Notificaçao de Receita estiverem devidamente preenchidos.

  • A Notificaçao de Receita deverá conter os itens devidamente impressos e apresentando as seguintes características:
    a) sigla da Unidade da Federaçao;
    b) identificaçao numérica: - a seqüencia numérica será fornecida pela Autoridade Sanitária competente dos Estados, Municípios e Distrito Federal;
    c) identificaçao do emitente: - nome do profissional com sua inscriçao no Conselho Regional com a sigla da respectiva Unidade da Federaçao; ou nome da instituiçao, endereço completo e telefone;
    d) identificaçao do usuário: nome e endereço completo do paciente;
    e) nome do medicamento ou da substância: prescritos sob a forma de Denominaçao Comum Brasileira (DCB), dosagem ou concentraçao, forma farmaceutica, quantidade (em algarismos arábicos e por extenso) e posologia;
    h) assinatura do prescritor: quando os dados do profissional estiverem devidamente impressos no campo do emitente, este poderá apenas assinar a Notificaçao de Receita. No caso de o profissional pertencer a uma instituiçao ou estabelecimento hospitalar, deverá identificar a assinatura com carimbo, constando a inscriçao no Conselho Regional, ou manualmente, de forma legível;
    l) identificaçao da gráfica: nome, endereço e C.N.P.J./ C.G.C. impressos no rodapé de cada folha do talonário. Deverá constar também, a numeraçao inicial e final concedidas ao profissional ou instituiçao e o número da Autorizaçao para confecçao de talonários emitida pela Vigilância Sanitária local;
    Os demais deverao ser prescritos em receitas de controle especial a ser preenchido em em 2 (duas) vias, apresentando, obrigatoriamente, em destaque em cada uma das vias os dizeres: "1a via - Retençao da Farmácia ou Drogaria" e "2a via - Orientaçao ao Paciente".
    Deverá estar escrita de forma legível, sem emenda ou rasura e terá validade de 30 (trinta) dias contados a partir da data de sua emissao.

  • Só poderao ser aviadas quando prescritas por profissionais devidamente habilitados e com os campos descritos abaixo devidamente preenchidos:
    a) identificaçao do emitente: impresso em formulário do profissional ou da instituiçao, contendo o nome e endereço do consultório e/ ou da residencia do profissional, n.o da inscriçao no Conselho Regional e no caso da instituiçao, nome e endereço da mesma;
    b) identificaçao do usuário: nome e endereço completo do paciente;
    c) nome do medicamento ou da substância prescrita sob a forma de Denominaçao Comum Brasileira (DCB), dosagem ou concentraçao, forma farmaceutica, quantidade (em algarismos arábicos e por extenso) e posologia;
    d) data da emissao;
    e) assinatura do prescritor: quando os dados do profissional estiverem devidamente impressos no cabeçalho da receita, este poderá apenas assiná-la.

    No caso de o profissional pertencer a uma instituiçao ou estabelecimento hospitalar, deverá identificar sua assinatura, manualmente de forma legível ou com carimbo, constando a inscriçao no Conselho Regional.
http://www.saude.am.gov/farmaciapopular
Email: fpb-cidadenova@fiocruz.br