ACESSIBILIDADE

SUSAM

Secretaria de Estado de Saúde



Amazonas se mobiliza no combate ao Aedes aegypti

02/12/2016 17:40:14

Com a presença do ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, o Amazonas abriu na manhã desta sexta-feira, dia 2 de dezembro, a Campanha Nacional de Mobilização contra o Aedes aegypti, mosquito transmissor da Dengue, Chikungunya e Zika Vírus. A abertura, na Escola Estadual de Tempo Integral Áurea Pinheiro Braga, na Compensa, contou ainda com representantes o Governo do Estado e Prefeituras, Forças Armadas, Unicef entre outros parceiros convidados para o Dia Nacional de Mobilização. De acordo com Helder Barbalho, o Dia de Mobilização é o dia do convencimento. “Dia de chegar a todos os brasileiros a mensagem de que é preciso declarar guerra o mosquito. Uma guerra na qual a arma é a informação”, disse, o ministro ao entregar as chaves de veículos tipo Doblô para as ações de vigilância dos municípios de Manaus, que recebeu dois carros e Humaitá, contemplado com um. Durante o evento, o ministro ainda participou da entrega de cestas básicas como parte da ajuda humanitária que a Defesa Civil do Amazonas deverá levar às populações dos municípios atingidos pela estiagem no Estado. A campanha em nível local está sendo coordenada pela Fundação de Vigilância em Saúde (FVS) e Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), além do envolvimento de outros órgãos, como a Secretaria Estadual de Saúde (Susam), secretarias de Educação do Estado (Seduc) e Municipal (Semed), Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmas), Defesa Civil do Estado e Município, as Forças Armadas (Exército, Marinha e Aeronáutica) e a Unicef. De acordo com o diretor-presidente da FVS, Bernardino Albuquerque, a partir desta sexta-feira, as ações da campanha de combate ao Aedes aegypti vão ser intensificadas em Manaus e nos 42 municípios em que foram detectadas a presença do mosquito. A estratégia é unir forças numa grande cruzada contra o mosquito que vai continuar nos dias seguintes com mobilização social, visita às casas e trabalho educativo para orientação à população. Bernardino destacou o engajamento das Forças Armadas na capital e no interior, bem como o trabalho que a Seduc vem fazendo com as Brigadas Escolares. Entre as ações previstas para a campanha deste ano está a entrega de capas protetoras para tanques de água e protetor solar para as gestantes. Entrega do Selo – Durante o evento, o secretário estadual de Educação, Algemiro Ferreira Lima, recebeu o Selo 2017 do Programa de Brigadas Contra o Aedes aegypti, em comemoração ao segundo ano do programa. O planejamento da FVS para 2017 prevê a ampliação de 100 novas Brigadas na capital e alcançar 100% dos municípios do interior. O Amazonas é pioneiro no Brasil no Programa de Brigadas, institucionalizado por meio do Decreto n. 36.640 de 22 de janeiro de 2016, pelo Governo do Amazonas, com o objetivo de envolver as instituições públicas estaduais na luta contra o Aedes. O programa atua na capacitação de profissionais para ampliação das medidas de controle através da eliminação de criadouros com a certificação das instituições que conseguirem manter as dependências livres do mosquito. As unidades públicas são monitoradas pelas equipes técnicas da FVS e a certificação do selo é validada e renovada anualmente. Até outubro foram certificadas 318 instituições públicas estaduais, federais e internacional (Unicef) e 2.458 profissionais foram capacitados como multiplicadores do Programa. Em Manaus, 715 equipes foram capacitadas com 2.161 brigadistas formados pelo programa estadual. No interior do Amazonas, 785 profissionais foram habilitados como multiplicadores em 27 municípios.