ACESSIBILIDADE

SUSAM

Secretaria de Estado de Saúde



Governador José Melo libera R$ 14 milhões para ampliar estoque de medicamentos

16/12/2016 16:21:39

O governador do Amazonas, José Melo, liberou recursos adicionais que totalizam R$ 14 milhões para a ampliação do estoque de remédios e produtos de saúde da Central de Medicamentos do Amazonas (Cema). A medida, adotada no mês passado, aumentou o nível do estoque e está permitindo antecipar a provisão de medicamentos para atender às unidades de saúde da rede estadual durante o primeiro trimestre de 2017. Nesta sexta-feira, 16 de dezembro, Melo visitou a Cema, na zona Centro-Sul de Manaus, e verificou os primeiros reflexos das ações para a melhora do estoque. “Essa visita é importante porque nela consegui acompanhar o estoque e saber o que está precisando. Fiquei feliz porque estamos bem abastecidos”, disse. O estoque está em torno de 70%, percentual considerado extremamente positivo uma vez que o fluxo de entrada e saída diária é bastante intenso. Em julho deste ano, o governador já havia autorizado a liberação do montante de R$ 56 milhões para a aquisição de itens da saúde que abastecem hospitais em todo o Amazonas. O valor foi repassado a Cema em cinco parcelas. Com a ação, o Estado registrou uma situação de melhora e conforto no estoque de produtos da saúde, que é composto por mais de 1,5 mil itens. Segundo o secretário estadual de Saúde, Pedro Elias de Souza, o adicional de R$ 14 milhões já está empenhado e deve garantir o estoque de segurança da rede com remédios para urgência, emergência, UTIs, pacientes em tratamento domiciliar e remédios de alto custo. “É uma prioridade absoluta ter a rede abastecida porque com isso consigo garantir o funcionamento pleno”, enfatizou Souza. A Cema é a responsável pela assistência farmacêutica estadual e abastece com remédios e produtos de saúde 104 unidades em todo o Estado, além de atender à população através do programa Farmácia de Alto Custo, mantido em parceria com o Ministério da Saúde. Mais controle na saúde – Nesta sexta-feira, o governador José Melo afirmou que está adotando medidas para melhorar o controle do estoque e toda a gestão das unidades de saúde. Durante o lançamento do calendário de matrículas para a rede estadual de educação do ano que vem, o governador anunciou que a Empresa de Processamento de Dados do Amazonas (Prodam) está desenvolvendo o novo sistema que vai ampliar e baratear o controle das informações no setor. O investimento do Estado é de R$ 12 milhões. O sistema Gestão Integrada de Saúde (GIS) tem previsão de início no mês de março de 2017, começando a operação pelos oito maiores hospitais de Manaus. “Vamos criar um sistema que vai controlar tudo na saúde. Da aquisição à dispensação e aplicação. Vamos saber tudo sobre isso, o que vai permitir com o controle reduzir os custos da saúde para sobrar dinheiro para comprar mais remédios e investir em outras pontas como a realização de cirurgias”, disse José Melo.