ACESSIBILIDADE

SUSAM

Secretaria de Estado de Saúde



90 novos acadêmicos da UEA iniciam internato na Fundação Hospital Adriano

07/02/2017 10:39:38

Nesta segunda-feira (6), a Fundação Hospital Adriano Jorge (FHAJ), vinculada à Secretaria de Estado da Saúde (Susam), realizou o 11º. Acolhimento de novos acadêmicos do curso de Medicina da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), que darão início ao estágio, ou seja, internato, nas áreas de Clínica Médica e Clínica Cirúrgica (I e II). Eles estarão vinculados à Diretoria de Ensino e Pesquisa (DEP) para supervisão técnica, no período de 6 de fevereiro a 9 de abril. De acordo com o diretor-presidente da FHAJ, Alexandre Bichara, o acolhimento tem por objetivo promover a integração dos estudantes à rotina do hospital. “Essa integração é necessária para que os protocolos internos sejam conhecidos e seguidos à risca”, disse Bichara. “Precisamos do comprometimento do interno para com o hospital. E para isso, repassamos todas as informações para que o acadêmico possa conhecer os serviços e a equipe multiprofissional que o acolherá durante o estágio”. A programação visa orientar. “O objetivo é repassar aos acadêmicos todas as informações sobre os processos internos, os trâmites de documentos e os serviços oferecidos pelo Hospital”, disse Arteiro Menezes, diretor de Ensino e Pesquisa da FHAJ. “Assim como também serão esclarecidas as dúvidas e exposição de normas e rotinas da Fundação”, Menezes. “A equipe multiprofissional trabalha, durante o estágio, para a construção de um bom profissional, com conhecimentos sólidos, contínuos e progressivos”, destacou o diretor de Ensino e Pesquisa. Como Hospital de Ensino, a FHAJ, além de receber acadêmicos para internato periodicamente, também oferece Programas de Residência Médica, ou seja, a especialização. “Atualmente, temos 24 residentes distribuídos nos PRMs de Otorrinolaringologia, Clínica Médica, Ortopedia e Traumatologia, Cirurgia Geral e Anestesiologia”, completou Menezes. A Fundação Hospital Adriano Jorge é referência para internação de pacientes oriundos dos Prontos-Socorros da capital, interior do Amazonas e rede básica de saúde. Tem como finalidade a assistência à saúde, ao ensino e à pesquisa.