ACESSIBILIDADE

SUSAM

Secretaria de Estado de Saúde



Policlínica da PM-AM passa a integrar a rede estadual de saúde

04/04/2017 10:02:00

A Secretaria de Estado de Saúde (Susam) e a Polícia Militar do Estado do Amazonas (PMAM) assinaram na manhã desta segunda-feira, 3 de abril, um termo de cooperação técnica permitindo que se estenda à comunidade em geral os serviços médicos da Policlínica da PM-AM, localizada no Comando-Geral da corporação, no bairro Petrópolis, zona centro-sul de Manaus. A assinatura do acordo foi realizada no Comando-Geral da PM-AM, com a presença da secretária de Estado de Saúde, Mercedes Gomes de Oliveira, e do comandante-geral da PMAM, coronel David de Souza Brandão. “A partir desse convênio, a policlínica da polícia militar vai liberar vagas ao Sistema Único de Saúde (SUS), por meio do Sistema de Regulação do Estado (Sisreg). O sistema informará essas vagas às unidades de saúde do Estado, e elas serão liberadas de acordo com a solicitação dos usuários”, explica Mercedes. Por integrar a rede pública de saúde, a policlínica da PM-AM passará a contar com apoio financeiro, via SUS. Para o coronel David de Souza Brandão, a corporação e a comunidade saem ganhando com a assinatura do convênio. “Quem ganha são os nossos policiais, seus familiares, e também a comunidade, porque estamos com o atendimento aberto para a comunidade através do SUS”, afirmou o comandante. Estrutura - A Policlínica da PMAM está em funcionamento desde o ano 2000 no Comando-Geral, em Petrópolis. A unidade de saúde está equipada para realizar diversos exames, como eletroencefalograma, eletrocardiograma e teste ergométrico. No local são oferecidos atendimentos nas especialidades de pediatria, clínico-geral, psiquiatria, cardiologia, cirurgia, neurologia e ginecologia. A equipe de saúde da policlínica é formada por dez profissionais da área de saúde, além do quadro administrativo. A diretora de Saúde da policlínica, tenente-coronel Tarcimara Camardella de Almeida, contou que a assinatura do convênio com a Susam era um pleito antigo da corporação. Às vésperas da aposentadoria, Tarcimara diz que entra para a reserva com a sensação de dever cumprido. “Era um sonho de muitos anos fazer esse convênio, que muito vai beneficiar o policial militar e a comunidade”, comemorou a diretora.