ACESSIBILIDADE

SUSAM

Secretaria de Estado de Saúde



FHAJ realiza transmissão de cirurgia ortognática em tempo real para participantes de Simpósio

14/11/2017 14:11:34

O Grupo de Pesquisa em Cirurgia de Trauma Bucomaxilofacial da Fundação Hospital Adriano Jorge (FHAJ) encerrou nesta terça-feira (14/11) o 1º Simpósio de Trauma em Face na era Virtual com a transmissão, em tempo real, de uma cirurgia ortognática, direto do Centro Cirúrgico do Hospital para participantes do evento. Coordenado pelo cirurgião dentista Francisco Amadis e pela Liga Universitária de Anatomia Cabeça e Pescoço (LUCAP), da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), o simpósio tem como objetivo compartilhar com os acadêmicos os conhecimentos práticos deste tipo de cirurgia.

 

A cirurgia ortognática é para corrigir o mau posicionamento maxilar e mandibular, oriundos de traumas ou do crescimento e desenvolvimento ósseo errado, ocasionando problemas funcionais, a exemplo de dores e dificuldades na alimentação, fonéticos (dificuldades da fala) e estéticos.  Unidade pertencente à Rede Estadual de Saúde, o Hospital Adriano Jorge realizou, de janeiro a outubro deste ano, 197 cirurgias bucomaxilofaciais e atendeu, em consultas ambulatoriais, 2.102 pacientes no mesmo período.

 

A paciente, de 50 anos, submetida à cirurgia nesta terça-feira, estava em tratamento para o diagnóstico de anomalia orofacial. O cirurgião dentista Francisco Amadis destacou que a cirurgia dura, em média, de 5 a 7 horas. “É uma intervenção cirúrgica muito delicada e complexa, tanto que fizemos uma osteotonia bimaxilar, ou seja, cirurgia de correção nas duas mandíbulas”, disse.

 

O procedimento cirúrgico foi liderado pelo médico Luiz Carlos Manganello, cirurgião dentista bucomaxilofacial e um dos coordenadores do Instituto Sírio-Libanês de Ensino e Pesquisa (IEP/HSL), e a equipe de cirurgiões dentistas da FHAJ e todo corpo técnico do Centro Cirúrgico da FHAJ.

 

A Fundação Hospital Adriano Jorge é referência para atendimento de média e alta complexidades a pacientes oriundos dos Prontos-Socorros da capital, interior do Amazonas e demais unidades de saúde da rede estadual. Tem como finalidade a assistência à saúde, ao ensino e à pesquisa.