ACESSIBILIDADE

SUSAM

Secretaria de Estado de Saúde



HPS João Lúcio inicia projeto para tornar-se referência em acolhimento aos pacientes

01/12/2017 08:53:00

O Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio, da Secretaria de Estado de Saúde (Susam), iniciou, nesta quinta-feira (30), um projeto que visa torná-lo referência em acolhimento aos pacientes. A ação é fruto de uma parceria entre a Susam e o Ministério da Saúde (MS), e faz parte da Política Nacional de Humanização (PNH).

"A gente quer que o João Lúcio seja referência para o Estado no atendimento acolhedor. Para que quando a população lembre do hospital, seja porque lá teve um atendimento decente e digno, como todo cidadão brasileiro merece ter", diz a coordenadora do Núcleo Estadual de Humanização, da Susam, Ana Karla Pimenta.

O trabalho iniciou com uma reunião com a direção e colaboradores do João Lúcio, durante a qual foram apresentadas ao grupo as diretrizes da PNH e as estratégias que ajudarão o hospital a atingir os objetivos. A gerente de enfermagem da unidade, Ellen Souza, diz que o trabalho vai ajudar na melhoria dos serviços.

"Esse trabalho é de suma importância para que o cidadão se sinta acolhido dentro da unidade de saúde. Esse projeto vem para somar com a assistência da unidade", ressalta Ellen.

Durante a reunião, foi formado um grupo, cuja tarefa é conduzir os planos e ações a serem executados dentro do João Lúcio, sob a supervisão da coordenação do Núcleo Estadual de Humanização.

Histórico 

O João Lúcio foi inaugurado em 25 de setembro de 1998. Em 2017 a unidade completou 19 anos de funcionamento. O pronto-socorro funciona 24 horas, todos os dias da semana, e é referência no atendimento de urgência e emergência na área de neurocirurgia. 

A unidade possui 210 leitos, distribuídos entre as áreas de Clínica Cirúrgica, Clínica Médica, Ortopedia, Neurocirurgia, Cirurgia Geral, Vascular, Buco-Maxilo, Gastroenterologia, Urologia, Cirurgia Plástica e Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

O pronto-socorro conta com equipe multifuncional, formada por profissionais das áreas de enfermagem, serviço social, fisioterapia, nutrição, farmácia, médicos, laboratoristas, técnicos em radiologia, entre outros.

O João Lúcio atende diariamente, em média, 600 pessoas. Nestes 19 anos de funcionamento, a unidade realizou um total de 2,8 milhões de atendimentos, 11 milhões de exames e 83 mil cirurgias.

Princípios do SUS

A PNH foi criada pelo MS em 2003. O objetivo do Ministério é efetivar os princípios do SUS no cotidiano das práticas de atenção e gestão, qualificando a saúde pública no Brasil.

Na prática, os resultados que a PNH busca são:


- Redução de filas e do tempo de espera, com ampliação do acesso;

- Atendimento acolhedor e resolutivo baseado em critérios de risco;

- Implantação de modelo de atenção com responsabilização e vínculo;

- Garantia dos direitos dos usuários;

- Valorização do trabalho na saúde;

- Gestão participativa nos serviços.