ACESSIBILIDADE

SUSAM

Secretaria de Estado de Saúde



SUSAM cumpre agenda de visitas e inspeções em unidades de saúde do interior

18/01/2018 08:32:47

Com o objetivo de melhorar a qualidade da saúde no interior do estado e alinhar as estratégias com a rede municipal, técnicos da Secretaria de Estado de Saúde (SUSAM) iniciaram, nesta semana, uma maratona de visitas aos municípios do interior do Amazonas. As primeiras cidades a receberem as equipes do órgão foram Eirunepé, Lábrea e Humaitá, onde os hospitais regionais também passaram por uma avaliação das condições atuais.
 
De acordo com o secretário de Estado de Saúde, Francisco Deodato, a programação é uma forma de acompanhar in loco as ações planejadas pela nova gestão para o interior e também verificar o que está funcionando e o que precisa melhorar. "Estamos em campo para acompanhar as ações, verificar junto ao município o que está caminhando e o que precisa avançar. A ordem do governador Amazonino Mendes é fazer funcionar o que não está funcionando e devolver às unidades a capacidade plena de ofertar os serviços à população", explicou.
 
Durante as visitas, estão sendo discutidos e verificados com as gestões municipais 15 indicadores de doenças e agravos – malária, dengue, tuberculose, hanseníase, HIV/Aids, câncer de colo de útero, câncer de mama, óbito materno e óbito infantil – de  sistemas de informações e também de produção hospitalar que precisam ser trabalhados em conjunto.
 
No quesito sistemas de informação, a SUSAM quer alinhar e regularizar a captação de registros de óbitos, a regularidade de envio de informações e a captação de registro de nascidos vivos. Quanto à produção hospitalar, a secretaria busca reestabelecer uma regularidade no abastecimento dos sistemas SIH/GLOSAS, que auxiliam no fornecimento de informações financeiras e fiscais, e o SCNES, que cadastra e mapeia os estabelecimentos de saúde. Com isso, o objetivo é que as esferas estadual e federal possam fazer um melhor acompanhamento das ações.  
 
A meta da SUSAM é visitar todos os 61 municípios do interior, o que deve ocorrer até o final de março deste ano, conforme planejamento da Secretaria Executiva de Atenção Especializada do Interior (SEA-Interior). Segundo a secretária adjunta da SEA-Interior, Edylene Pereira dos Santos, conhecer as necessidades da atenção básica e trabalhar em conjunto é a melhor forma de avançar. “Nosso foco é fazer com que a atenção primária não permita que as falhas desaguem na porta do hospital”, ressaltou.
 
Nas cidades, estão sendo realizadas reuniões com as equipes das secretarias municipais de saúde e profissionais que atuam nos hospitais da rede estadual. Ao lado da SEA-Interior, nas visitas, estão o Departamento de Atenção Básica do Estado (DABE), técnicos da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), Gerência de Projetos (GEPRO) e equipes da Rede de Humanização.
 
Hospitais – Em Eirunepé, a 1.162 km de Manaus, a equipe técnica e de gestão da SUSAM esteve no Hospital Regional Vinícius Conrado, na última segunda-feira (15/01). As equipes fizeram levantamento do que é preciso ser feito para melhorar as condições de atendimento e funcionamento da unidade. O mesmo aconteceu no Hospital Regional de Lábrea, visitado na última terça-feira (16/1) e em Humaitá, onde a delegação se encontra nesta quarta-feira (17/1).
 
Até março, segundo Edylene, todos os municípios do Amazonas serão visitados com o mesmo objetivo. Para esta semana, até sábado (20/01), Manicoré, Boca do Acre e o distrito de Santo Antônio do Matupi receberão a visita.
 
Nas próximas semanas estão previstas viagens a São Gabriel da Cachoeira, Novo Airão, Tabatinga, São Paulo de Olivença, Parintins, Coari, Tefé, Rio Preto da Eva, Maués, Fonte Boa e Carauari.