ACESSIBILIDADE

SUSAM

Secretaria de Estado de Saúde



Dispositivo de radioterapia permitirá o aumento da oferta de tratamento na FCecon

16/02/2018 12:04:11

A Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), unidade vinculada à Secretaria de Estado de Saúde (Susam), recebeu, na última semana, mais uma ferramenta tecnológica de apoio ao tratamento de radioterapia. O dispositivo, denominado Multileaf Collimator – MLC, fornece moldagem de feixes de partículas, isolando melhor o tumor para a concentração da radiação e tornando o tratamento mais rápido e eficaz, em especial, na modalidade conformacional tridimensional, aplicada aos tumores de próstata. O acessório complementará o Acelerador Linear e promoverá a ampliação da oferta terapêutica, segundo a diretora-presidente da instituição, engenheira biomédica Ana Paula Lemes.


A gestora destaca que o equipamento, da marca Varian, é de fabricação americana e foi adquirido ao custo de R$ 658 mil (210 mil dólares). "Será instalado dentro de um mês e contemplará pacientes portadores de diversos tipos de câncer", frisou Lemes. O acessório pesa quase 900 quilos e é composto por várias folhas independentes de chumbo, as quais têm a função de moldar, em tempo real, o campo que receberá radiação através do Acelerador Linear, combatendo tumores malignos com mais eficácia e precisão, independente da localização.


“Hoje, precisamos fazer blocos de chumbo para cada paciente. As peças demoram um certo tempo para chegar ao hospital e ficamos reféns de matéria prima. Com o Multileaf, as folhas são permanentes e a programação e o molde de cada paciente, independente da localização do tumor, são feitos na hora, bastando programar no computador. É um avanço tecnológico de pelo menos dez anos para a Fundação, que é a segunda unidade do SUS na região Norte, a contar com essa ferramenta”, observa o gerente do Serviço de Radioterapia da FCecon, médico radiqoterapeuta Leandro Baldino.

 

De acordo com Baldino, com a redução do tempo entre a consulta e o tratamento, haverá um aumento na oferta terapêutica, contemplando, especialmente, pacientes com câncer de próstata, o mais incidente na população masculina do Amazonas. “Isso porque, o campo de radiação para tratar o câncer de próstata é muito pequeno. O Multileaf consegue precisar a área, isolando a área do tumor com uma margem de segurança, e tornando o tratamento o mais eficaz possível”, explicou.

 

Ampliação - No primeiro semestre deste ano, a FCecon receberá do Ministério da Saúde, um novo Acelerador Linear, como parte do Plano de Expansão da Radioterapia no Brasil. O aparelho virá acompanhado de mais um Multileaf, o que otimizará o acesso ao tratamento, considerado um dos tripés da oncologia moderna. “Também estamos concluindo a compra de um aparelho de Braquiterapia, utilizado no combate ao câncer de colo uterino, o mais incidente entre as mulheres do Amazonas. Com isso, ampliaremos significativamente o atendimento”, comentou a diretora-presidente da FCecon, engenheira biomédica Ana Paula Lemes.

 

As medidas estão inseridas no processo de reconstrução da saúde do Estado, implementado pela nova gestão da Susam. De acordo com o secretário estadual de Saúde, Francisco Deodato, na capital, 12 unidades estão passando por reformas e melhorias, incluindo os três prontos-socorros adultos e três infantis, três maternidades, o Hospital Adriano Jorge e o Instituto da Criança (ICAM).

 

Além de novos equipamentos, o hospital da FCecon será ampliado com mais 20 leitos. A unidade também está expandindo seu quadro de servidores com a chamada de concursados.