ACESSIBILIDADE

SUSAM

Secretaria de Estado de Saúde



Maternidade Balbina Mestrinho amplia de 10 para 16 o número de leitos da Unidade de Cuidados Interme

20/03/2018 18:07:51

Como parte do processo de revitalização da Maternidade Balbina Mestrinho, localizada na Praça 14 de Janeiro, zona sul de Manaus, a Secretaria de Estado de Saúde (Susam) ampliou de 10 para 16 o número de leitos da Unidade de Cuidado Intermediário Neonatal (UCINCo). Os leitos estavam desativados desde 2013, por problemas na estrutura física do prédio.

A Balbina Mestrinho realiza, em média, 480 partos por mês e é uma das 13 unidades de saúde que estão sendo contempladas no projeto de revitalização e recuperação da estrutura de saúde da capital, pelo novo Governo do Amazonas, que assumiu em outubro de 2017. A UCINCo é reservada aos bebês prematuros que estão saindo da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) .

Inicialmente, foi realizada a obra emergencial no telhado, que apresentava infiltrações e vazamentos crônicos, o que levou à desativação dos leitos. “Encontramos a unidade com este problema de vazamento, que prejudicava o atendimento, com a redução de leitos. Por isso, decidimos que a obra teria início, emergencialmente, resolvendo esta situação específica”, explicou o secretário estadual de Saúde, Francisco Deodato.

A maternidade também recebeu reparos na rede elétrica, que estava danificada por conta das infiltrações. Além disso, estão sendo corrigidas fissuras deixadas pela construtora na época da reforma e ampliação do prédio, que foi reinaugurado em 2013. 

A diretora da unidade, Rafaela Faria, explica que a próxima etapa inclui pintura e conserto da fachada que danificada, além de outras melhorias na unidade. “Com essa ampliação, com a melhoria nas áreas comuns e reorganização do ambiente hospitalar, daremos uma melhor assistência às mães e bebês”, afirmou.

Rafaela ressalta que a revitalização está sendo realizada sem interferir no atendimento, que segue normalmente durante 24 horas. 

Pacote - Além da Maternidade Balbina Mestrinho, fazem parte do pacote de obras de revitalização, as maternidades estaduais Ana Braga e Dona Lindu. “Na Ana Braga, já foi instalado um novo telhado, estamos reativando leitos, sistema de climatização e informatização dos atendimentos. Em seguida, os trabalhos serão voltados para o Instituto da Mulher Dona Lindu”, destacou o gerente de Maternidades da Susam, Edilson Albuquerque.