ACESSIBILIDADE

SUSAM

Secretaria de Estado de Saúde



Susam inicia acolhida dos convocados em concurso, com palestra sobre humanização do atendimento

26/03/2018 15:28:38

A Secretaria de Estado de Saúde (Susam) iniciou, nesta sexta-feira (23/03),  o processo de recepção e integração dos servidores convocados para o órgão, na 6ª chamada do concurso público de 2014. O grupo, que inicia os trabalhos no próximo dia 1º de abril, foi recepcionado com uma palestra sobre o funcionamento da rede estadual e a humanização do atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS). 

 

Foram chamados nesta etapa 428 aprovados. A programação de recepção, na Susam, foi para os 49 que irão atuar na sede do órgão. Os outros 379 aprovados foram para as fundações, que montaram sua própria programação para receber os novos servidores. “É uma programação de boas vindas, para que possam conhecer um pouco sobre a natureza do trabalho no serviço de saúde pública. É um prazer receber os novos servidores, que chegam para nos ajudar nesse processo de reconstrução do sistema público de saúde”, disse o secretário estadual de Saúde, Francisco Deodato.

 

O trabalho de recepção é coordenado pelo Departamento de Gestão de Recursos Humanos (DRGH) e do Núcleo Estadual de Humanização da Susam. O objetivo é preparar os novos servidores para atuar na secretaria, segundo a coordenadora Ana Karla Pimenta. “Desde a penúltima chamada do concurso estamos fazendo esse trabalho. Além de apresentar o funcionamento da rede, queremos que essas pessoas, que estão entrando agora, saibam que é possível prestar um serviço de qualidade com respeito e atenção à população”, destaca.

 

A apresentação dos aprovados para assumir as vagas na Susam está sendo feita em grupo de 15 e 20 pessoas e deve continuar ao longo da próxima semana. Todas as orientações que estão sendo repassadas fazem parte da Política Nacional de Humanização (PNH), do Ministério da Saúde (MS). A PNH considera que uma das principais dificuldades para melhorar o atendimento na rede pública é fazer com que os servidores estejam mais sensíveis ao usuário da rede, por isso, a importância da informação nessa etapa do processo.

 

“Um dos principais desafios é fazer com que os trabalhadores entendam o seu papel e trabalhem a dimensão do subjetivo: do olhar, do calor humano, da atitude de encaminhar com responsabilidade. Nós queremos mostrar que é possível fazer um SUS cada vez melhor”, afirma Ana Karla Pimenta.

 

A PNH consiste em ofertar o atendimento de maneira que ele seja acolhedor e resolutivo, baseado em critérios de risco e a garantia aos direitos dos usuários. A PNH também tem o objetivo de reduzir filas e tempo de espera, com ampliação do acesso aos serviços e implantar um modelo de atenção com responsabilização e vínculo e valorização do trabalho dos servidores da saúde.

 

Além de receber informações sobre o funcionamento da rede e humanização, o grupo foi orientado sobre os direitos e deveres dos servidores públicos, conforme a legislação vigente.