ACESSIBILIDADE

SUSAM

Secretaria de Estado de Saúde



Susam investe R$ 85 milhões na compra de medicamentos

18/04/2018 08:37:08

A Central de Medicamentos do Amazonas (Cema), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Saúde (Susam), está reforçando seu estoque, após o empenho de R$ 85 milhões em compras. Os medicamentos já estão sendo entregues pelos fornecedores e abastecendo as unidades de saúde da capital e do interior.
 
Com as novas aquisições, a meta do Governo do Amazonas é garantir que o abastecimento da rede volte a ser centralizado na Cema. De acordo com o secretário estadual de Saúde, Francisco Deodato, quando a atual gestão assumiu, em outubro do ano passado, a Cema abastecia apenas 25% da demanda das unidades de saúde. O restante era comprado nas próprias unidades, sem padronização.
 
“Estamos devolvendo o sistema de abastecimento para a Cema. Isso permitirá o maior controle e a padronização no processo de compra, como era no início, quando a Central de Medicamentos foi criada. Esperamos, com esta medida, reduzir custos e aumentar a nossa capacidade de atendimento”, disse o secretário.
 
Deodato ressalta que o modelo da Central de Medicamentos do Amazonas foi criado na gestão anterior do governador Amazonino, em parceria com a Organização Pan Americana de Saúde (OPAS).
 
Investimentos - Entre os itens repostos ao estoque da Cema estão trombolíticos (drogas que dissolvem coágulos sanguíneos), anestésicos e antibióticos. Nos três primeiros meses da atual gestão (outubro, novembro e dezembro), a Susam investiu R$ 50 milhões no setor. Deste total, R$ 42 milhões foram somente para pagar dívidas com fornecedores. Agora, com o novo valor empenhado, o coordenador da Cema, Olavo Tapajós, diz que a Central de Medicamentos caminha para recuperar o seu estoque e a função para a qual foi criada.