ACESSIBILIDADE

SUSAM

Secretaria de Estado de Saúde



Governo do Estado promove ação de prevenção e combate ao vírus HIV

03/12/2018 08:45:00

A Secretaria de Estado da Saúde (Susam) realizou, neste sábado (01/12), nos entornos da Praça da Matriz, localizada no Centro de Manaus, a primeira ação alusiva à campanha do Dia Mundial de Luta contra a Aids, que em 2018 tem o tema “Dá pra viver sem dúvida”. Com o objetivo de sensibilizar a população, os agentes de saúde fizeram a distribuição de materiais informativos e preservativos masculinos e femininos, além da aplicação da testagem rápida para a detecção de HIV e sífilis.

 

A sensibilização marca o início da programação que promove o incentivo à prevenção e adoção de práticas saudáveis, prevista para ocorrer durante todo o mês de dezembro, nos 62 municípios do Amazonas. As ações são organizadas pela Coordenação Estadual de IST/Aids e Hepatites Virais da Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD), do Governo do Estado.

 

Diagnóstico rápido – De acordo com a enfermeira Josana Figueiredo, responsável técnica em vigilância epidemiológica da Fundação de Medicina Tropical, foram realizados 400 testes rápidos entre as 9h e as 15h deste sábado. O teste é o primeiro passo para a detecção da patologia e início do tratamento. “É um procedimento simples e rápido, que demora cerca de 30 minutos para ficar pronto e pode salvar uma vida. Vale lembrar que durante o mês de dezembro as ações são intensificadas, mas a população tem acesso aos testes durante todo o ano, nas unidades de saúde da capital e interior” destacou.

 

A profissional ressalta que o Amazonas possui uma unidade de referência no tratamento de pessoas vivendo com HIV, mas que há diversos lugares que também fazem o acompanhamento. “Em Manaus, esse acolhimento é feito nos Serviços de Assistência Especializada (SAE), sendo a FMT a principal unidade, especialmente nos casos de internação. Entretanto, o atendimento é possível também na Fundação Alfredo da Matta (Fuam), além das Policlínicas Comte Telles, no bairro São José, Dr. Antônio da Silva, no Monte das Oliveiras, Dr. José Raimundo Franco de Sá, no bairro Nova Esperança, e Dr. Antônio Reis, no São Lázaro”, pontuou a enfermeira.

 

As Unidades Básicas de Saúde (UBS) Leonor de Freitas, no bairro Compensa, e Arthur Virgílio, no Amazonino Mendes, respectivamente nas zonas oeste e leste, também atendem pacientes com HIV.

 

Informação – Aos 33 anos, o industriário Peterson André avalia que muitas pessoas deixam de cuidar da saúde porque não buscam conhecer os meios de prevenção. “Hoje em dia a informação é tudo. É preciso conscientizar a população da importância de se dirigir até uma unidade de saúde e fazer um teste rápido como esse, por exemplo. Além de não doer nada, é gratuito e pode garantir um tratamento mais simples, se a doença for descoberta na fase inicial.

 

No Amazonas, a faixa etária com maior incidência de HIV é de 20 a 34 anos. De janeiro a junho de 2018 foram notificados 1.568 novos casos de HIV, sendo 80,7% destes na capital.

 

Programação – Durante toda a campanha serão distribuídas 47.750 unidades de testes rápidos para o diagnóstico do HIV (1.910 Kits), 1.524.576 unidades de preservativos masculinos, 144.000 unidades de gel lubrificantes, além de material informativo, em todos os municípios do Amazonas.


FOTOS: BRUNO ZANARDO/SECOM