ACESSIBILIDADE

SUSAM

Secretaria de Estado de Saúde



Enfermeiras da FCecon participam de lançamento da Associação Brasileira de Enfermagem em Oncologia

12/12/2018 11:28:15

Três enfermeiras da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Saúde (Susam), participam, nesta quarta-feira (12), às 14h, em São Paulo (SP), do lançamento da Associação Brasileira de Enfermagem em Oncologia e Onco-Hematologia (ABRENFOH). Na quinta-feira (13), as enfermeiras também realizam duas visitas técnicas – uma ao Hospital Alemão Oswaldo Cruz (HAOC) e outra ao Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP). 

O grupo formado pela chefe de Departamento de Enfermagem, Tereza Farias, pela coordenadora do serviço de Quimioterapia, Edilene Duarte, e pela enfermeira Ellen Freitas, tem como missão durante o evento representar a Enfermagem Oncológica amazonense, e com as visitas técnicas conhecer os protocolos de atendimentos e cuidados de pacientes, bem como os modelos de gestão hospitalar, serviços de internação e quimioterapia dos centros de tratamento de câncer em São Paulo, os quais são referências no atendimento médico e hospitalar na América Latina. 

Para a diretora-presidente da FCecon, Ana Paula Lemes, a participação de servidores da unidade hospitalar em eventos nacionais, sobre atualização oncológica, demonstram o comprometimento na busca de conhecimento técnico. “Ao retornar a Manaus, esse saber é repassado para os outros profissionais por meio de palestras e mesas de discussão sobre enfermagem oncológica, como a que aconteceu no mês de outubro, quando se discutiu sobre administração de medicamentos, tratamentos alternativos, entre outros”, afirmou.

Reconhecimento - Conforme a enfermeira Tereza Farias, a participação da FCecon no lançamento da ABRENFOH simboliza o reconhecimento dos serviços de atendimento de enfermagem oncológica do Amazonas, que hoje são vistos como referência na região Norte. Além disso, as visitas técnicas também propiciarão conhecimento para que os protocolos da Fundação possam ser aprimorados.

“Iremos conhecer a realidade de um hospital público – ICESP – e outro privado – HAOC, para entender as diferenças nos tipos de atendimentos, quando comparados com os nossos serviços e, se possível, diminuí-las. Entendemos que os atendimentos devem ser uniformes e qualificados, independente da origem”, salientou Tereza Farias.  

Intercâmbio de conhecimentos - Alguns modelos de protocolos de tratamento de Quimioterapia, de acordo com Edilene Duarte, utilizados na FCecon são baseados nos protocolos implementados no ICESP. “Assim, eventos dessa natureza contribuem para o intercâmbio de conhecimento e estreitamento de vínculos. E, com a ABRENFOH iremos ter um órgão representativo, que contribuirá com cursos de atualização profissional na área oncológica”, disse.

ABRENFOH – A proposta para a criação da ABRENFOH foi apresentada durante o XX Congresso Brasileiro de Oncologia Clínica, realizado no Rio de Janeiro (RJ), no ano passado. A Associação tornou-se oficial no dia 6 de abril deste ano, a qual tem como objetivo alavancar a especialidade enfermagem oncológica no Brasil e ultrapassar as fronteiras territoriais, com vistas à busca incessante pela excelência na assistência de enfermagem em todo o território, expandindo para os demais países latinos.