ACESSIBILIDADE

SUSAM

Secretaria de Estado de Saúde



HPS 28 de Agosto e João Lúcio concluem obras que melhoram e ampliam serviços

13/12/2018 12:39:54

A Secretaria de Estado da Saúde (Susam) concluiu a obra de ampliação da Sala de Politrauma do Hospital e Pronto-Socorro (HPS) 28 de Agosto e a reforma geral da segunda Unidade de Terapia Intensiva (UTI-2) do HPS João Lúcio. As obras vão melhorar o serviço oferecido à população nos dois principais prontos-socorros da cidade de Manaus. 


O secretário estadual de Saúde, Francisco Deodato, afirma que a recuperação e ampliação da capacidade de atendimento de grandes unidades, como os prontos-socorros, foi uma meta perseguida pela atual gestão, desde o primeiro dia deste governo. “Recebemos muitas unidades em situação difícil. Após um diagnóstico das necessidades de cada uma, iniciamos uma série de melhorias, investindo recursos da ordem de R$ 65 milhões, incluindo as obras de construção de unidades que estavam paradas e foram retomadas. Estes serviços, no HPS 28 de Agosto e no João Lúcio, são apenas alguns de tantos que conseguimos finalizar em pouco mais de um ano de administração”, comentou Deodato.


Com a ampliação da Sala de Politrauma do HPS 28 de Agosto, a capacidade de atendimento do setor passou de cinco para dez pessoas, simultaneamente. Uma das razões para a obra foi permitir que os médicos especialistas que atendem pacientes com múltiplos traumas, como no caso de acidentes, pudessem se concentrar em um só ambiente. “O espaço foi ampliado, com capacidade dobrada, permitindo um atendimento multiprofissional, entre cirurgiões e ortopedistas, para os pacientes politraumatizados. O atendimento ficou mais rápido com a equipe concentrada em um só espaço”, destaca a diretora do HPS 28 de Agosto, Cláudia Teixeira.


Outra obra prestes a ser concluída no HPS 28 de Agosto é uma praça de convivência, destinada aos parentes de pacientes em atendimento na unidade. Atualmente, os familiares dos pacientes que fazem vigília na frente do hospital aguardando por alta ou notícias, não têm um local apropriado para se abrigar. “Com essa obra, pensamos um pouco nas pessoas que estão do lado de fora do hospital, em um momento difícil, que é o de aguardar por notícias de seus entes queridos em atendimento. É uma forma de humanizar mais o atendimento à população”, afirma a diretora da unidade.


A obra é executada com recursos do Fundo de Promoção Social (FPS) e tem previsão de entrega para a próxima semana.


No HPS João Lúcio, a Susam entrega nesta quarta-feira (12/12) a UTI-2, depois de uma reforma geral do ambiente. Os serviços envolveram recuperação de piso, paredes, pintura, reforma de móveis e sistema de rede elétrica. Há 15 dias, os mesmos serviços foram concluídos na UTI-1, que já se encontra em atividade. “Além da UTI-2, iremos entregar ainda nesta quarta-feira (12/12) a unidade semi-intensiva 3, que também passou por uma reforma geral, assim como a semi-intensiva 2. O próximo passo agora é a recuperação da semi-intensiva 1. Os serviços são executados de modo que o atendimento não seja afetado”, ressalta o diretor do HPS João Lúcio, Antônio Carlos Nossa.


O HPS João Lúcio concluiu também, entre novembro e dezembro, os serviços de recuperação dos dois leitos do setor de isolamento, do setor do serviço social, do consultório de ortopedia, do setor de classificação de risco e do consultório de cirurgião, cabeça e pescoço.


Ainda nesta quarta-feira (12/12), o HPS João Lúcio vai entregar também a sala de medicação do consultório clínico, que foi reformada. Além do setor de UTI e semi-intensiva, o hospital recuperou neste semestre todo o centro cirúrgico, que conta com seis salas.


FOTOS: DIVULGAÇÃO/SUSAM