ACESSIBILIDADE

SUSAM

Secretaria de Estado de Saúde



Secretário de Saúde recebe ostomizados e garante solução para fornecimento de bolsa de colostomia

22/02/2019 08:33:39

O vice-governador e secretário de Estado de Saúde, Carlos Almeida, recebeu, nesta quinta-feira (21/02), um grupo de ostomizados para tratar sobre o impasse judicial envolvendo a troca de fornecedor de bolsa de colostomia. Na reunião, realizada no auditório da Secretaria de Estado de Saúde (Susam), Carlos Almeida disse que já está verificando a questão junto à Procuradoria Geral do Estado (PGE) para agilizar uma solução ao caso, que prevê fornecer aos pacientes uma bolsa de melhor qualidade.


“A situação vem desde 2017 e está judicializada, mas nos interessa muito buscar uma solução. Falei com o governador Wilson Lima, que ficou preocupado com a situação, e pediu para adotarmos todas as medidas necessárias para resolver. A gente tá falando de uma coisa só: dignidade”, disse Carlos Almeida, ao ressaltar que ainda nesta quinta-feira teve reunião com o procurador-geral do Estado.


Na reunião, na Susam, Carlos Almeida ouviu o relato do presidente da Associação dos Ostomizados, Mauro Coelho, que reclamou não ter tido atenção necessária do gestor anterior para o caso. “O secretário anterior nunca nos recebeu, tivemos reunião com área técnica, mas ninguém resolve. Hoje, pela primeira vez, o secretário Carlos Almeida abriu as portas pra gente e deu uma orientação. Vamos aguardar a resposta”, disse Mauro.


O impasse envolvendo o fornecimento de bolsa de colostomia para cerca de 1,2 mil ostomizados, atendidos pelo Centro de Reabilitação (CER III), da Policlínica Codajás é motivado por várias ações na justiça a favor e contra uma portaria interna da Susam, de 2006, que garantia a exclusividade a um único fornecedor. 


Os ostomizados não concordam com a mudança de marca, usada há 12 anos. Segundo eles, é a mais duradora, de melhor qualidade e mais segura. As reclamações seguem de relatos de vários casos que comprovam a falta de qualidade das marcas recém-adquiridas pela Susam em atendimento à ordem judicial.


Há relatos de ostomizados que dizem ter participado de testes com as bolsas novas e  que tiveram as mesmas rompidas repentinamente, gerando situações de grande constrangimento aos pacientes.


FOTO: DIVULGAÇÃO/SUSAM

Mais informações: Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado de Saúde (Susam): Roseane Mota e Lúcio Pinheiro (98407-1699). E-mail: comunicacao@saude.am.gov.br