ACESSIBILIDADE

SUSAM

Secretaria de Estado de Saúde



Susam e Fiocruz discutem cooperação técnica na saúde para pesquisa, assistência e capacitação

08/05/2019 17:21:16

O secretário estadual de Saúde, Rodrigo Tobias, reuniu-se nesta quarta-feira (8/5) com o diretor do Instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD) – Fiocruz Amazônia, Sergio Luiz Bessa. Na pauta da reunião, realizada na Secretaria de Estado de Saúde (Susam), a discussão sobre o Termo de Cooperação que será firmado para vários projetos em pesquisa, assistência e educação continuada, dentre eles instalação da primeira Sala de Situação de Saúde na Fronteira, cujo piloto será em Tabatinga.

 

Tobias afirmou que o projeto da Sala de Situação na Fronteira é importantíssimo, porque permite o alinhamento entre as ações de saúde com a pesquisa e contempla o plano de regionalização  em curso para dar maior resolutividade ao sistema no interior. “Tabatinga é estratégico porque é nosso polo regional de saúde no Alto Solimões. O Governo do Estado está investindo pra melhorar a assistência na média e alta complexidade nos polos, e alinhar uma parceria na pesquisa será fundamental”, disse o secretário.

 

Sergio Luiz Bessa explicou que o projeto da Sala de Inteligência na Fronteira envolve outros parceiros, como o Ministério da Saúde, por meio da Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS), a Organização Pan Americana de Saúde (Opas) e a Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), do Amazonas. Segundo o diretor do ILMD/Fiocruz Amazônia, a sala de situação permite eficiência nas ações na assistência e prevenção na área epidemiológica.

 

“Ter uma inteligência atuando junto com a assistência na área epidemiológica em uma região de fronteira é fundamental, e estamos reunindo vários atores nesse processo”, declarou.

 

A sala de situação consiste em uma ferramenta utilizada pelo sistema de vigilância em saúde que fornece dados consolidados para a tomada de decisões em relação às medidas adotadas para prevenção e controle de doenças transmissíveis.

 

Educação Continuada – Outro projeto que deve ser inserido no Termo de Cooperação é para a capacitação da força de trabalho no interior. A Fiocruz está em vias de implantação de seis cursos de especialização, um de mestrado e 100 cursos de atualização nos municípios, e a intenção da Susam é que esta ação integre a proposta de criação da Escola de Saúde Pública do Estado, outro projeto que está sendo planejado pela nova gestão.

 

“Estamos reunindo vários atores estratégicos, que já são referência, e queremos que a Fiocruz seja nossa parceira, junto com o Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam), as universidades públicas –  Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e Universidade Federal do Amazonas (Ufam) – e particulares”, disse o secretário de Saúde.

 

Na reunião também foram tratados outros projetos que devem resultar num acordo de colaboração amplo entre Susam e Fiocruz, dentre os quais a pesquisa em produção de fármacos no Polo Industrial de Manaus. “Temos um leque muito grande de possibilidades de parceria, e uma delas é a produção de medicamentos que é de interesse do Governo do Amazonas”, reforçou Rodrigo Tobias.

 

 

FOTOS: Divulgação/Susam