ACESSIBILIDADE

SUSAM

Secretaria de Estado de Saúde



FVS-AM, Susam, Semsa e Ministério da Saúde debatem expansão para o Programa Vida no Trânsito no AM

04/07/2019 13:22:11

Representantes da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), da Secretaria de Saúde do Estado do Amazonas (Susam), da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa-Manaus) e do Ministério da Saúde se reuniram, na manhã desta quinta-feira (04/07), para debater melhorias e a expansão do Programa Vida no Trânsito (PVT) no Amazonas. A reunião, que contou com a presença do secretário estadual de Saúde, Rodrigo Tobias, ocorreu na sede da FVS-AM, na zona norte de Manaus.

 

A iniciativa brasileira é voltada para a vigilância e prevenção de lesões e mortes no trânsito e promoção da saúde, em resposta aos desafios da Organização das Nações Unidas (ONU) para a Década de Ações pela Segurança no Trânsito (2011-2020).

 

O programa PVT visa a prevenção a acidentes de trânsito com vítimas graves e fatais. Em Manaus, as ações são realizadas por meio de um comitê intersetorial do programa presidido pelo Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) – Gestão de Trânsito e formado por secretarias estaduais e municipais, além de órgãos federais. No fim deste mês de julho, os órgãos devem assinar um Termo Cooperação Técnica para manutenção do programa no Estado.

 

No programa, a FVS-AM e a Semsa-Manaus coordenam o monitoramento dos índices de acidentes de trânsito; estimulam ações e produzem material de educação, fiscalização, observação e orientação, em folders, para conscientizar a população, visando reduzir os índices de óbitos ocasionados no trânsito. No Amazonas, grande parte dos acidentados e mortos são motociclistas ou passageiros em motocicletas.

 

Assistência em saúde – O titular da Susam, Rodrigo Tobias, apontou para a importância em interligar os órgãos para desenvolver ações com o objetivo de reduzir internações e óbitos por acidentes de trânsito. “O uso da motocicleta, por exemplo, é uma realidade do interior do nosso estado, e precisamos que todos entendam a importância de se prevenir, com ações de saúde, para evitar acidentes”, afirmou Rodrigo Tobias.

 

Conforme dados da Susam, até a primeira semana de maio deste ano, os três maiores prontos-socorros do Amazonas atenderam 9.956 vítimas de acidentes de trânsito. Nos quatro primeiros meses deste ano, só no Hospital e Pronto-Socorro Dr. Aristóteles Platão Bezerra de Araújo, foram 2.182 atendimentos de vítimas envolvidas em acidentes de trânsito. Desse total, 1.584 envolveram motocicletas.

 

De acordo com a diretora-presidente da FVS-AM, Rosemary Costa Pinto, é preciso avançar na interligação entre as instituições, expandindo o programa para o interior do estado. “Conseguimos avançar bastante em Manaus e queremos interligar o interior. Precisamos estar sempre alertas para esses índices de mortes no trânsito. É importante destacar que reduzir esses acidentes é responsabilidade de todos nós”, disse Rosemary.

 

A gerente de Doenças e Agravos Não Transmissíveis (Gedants), do Departamento da Vigilância Epidemiológica da FVS-AM,  Vera Lucia Ferreira de Queiroz, o programa deve ser implantado em dez municípios amazonenses até 2021. “No ano passado, (o programa) foi implantado em Tabatinga e, este ano, está previsto a implantação em Parintins e Humaitá”, disse Vera.

 

A apoiadora do Ministério da Saúde no Programa Vida no Trânsito, Marta Alves, que também esteve presente na reunião, apontou que o programa Vida no Trânsito foi implantado no Brasil em 2011, com o objetivo de reduzir os óbitos em pelo menos 50%.

 

Segundo Marta, o Amazonas conseguiu avançar no programa a partir da implantação inicial da iniciativa em Manaus. “A FVS sempre foi apoiadora do programa, em Manaus. E, hoje, estamos juntos com a FVS nessa expansão da iniciativa para o interior do Amazonas”, ressaltou.

 

Vida no Trânsito – O suporte dado ao programa é realizado com recurso financeiro repassado ao Fundo Estadual de Saúde, pela FVS-AM, através da Portaria nº 3.023/GM/MS, de 21 de dezembro de 2011; Portaria nº 1.934 de 10 de setembro de 2012; e na Portaria nº 183/GM/MS de 30 de janeiro de 2014, para cumprimento dos objetivos do Plano de Ação do Programa Vida no Trânsito, aplicação Manaus.

 

Participam do Programa Vida no Trânsito, em Manaus, a FVS-AM, IMMU-Gestão de Trânsito; Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM); Secretaria Municipal de Saúde/Manaus; Secretaria Municipal de Educação/Manaus; Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (Seduc-AM); Corpo de Bombeiros Militares do Amazonas (CBMAM); Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu); Instituto de Criminalística (IC) do Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC); Instituto Médico Legal (IML); Polícia Militar; Polícia Civil; Polícia Rodoviária Federal; Polícia Federal; Universidade Federal do Amazonas; Universidade do Estado do Amazonas; além de instituições privadas, como a Moto Honda da Amazônia.

 

FOTO: Divulgação/FVS

 

Mais informações: Assessoria de Comunicação da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS): Maíra Pessoa (3182-8523 e 98403-8627).