ACESSIBILIDADE

SUSAM

Secretaria de Estado de Saúde



No Amazonas, Hora do Mamaço faz apelo para engajamento social em prol da amamentação

05/08/2019 11:26:08

A Secretaria de Estado de Saúde (Susam) marcou presença no “Hora do Mamaço”, evento realizado na tarde de sábado (03/08), no Parque Cidade da Criança, no Aleixo. A equipe da Coordenação Estadual de Saúde da Criança do órgão se fez presente junto de diretores das maternidades e da secretária executiva da Capital da Susam, Dayana Mejia de Souza, que representou no ato o secretário estadual Rodrigo Tobias.

 

O evento realizado pela Prefeitura de Manaus reuniu centenas de pessoas, com o objetivo de levar a mensagem da Semana Mundial do Aleitamento Materno, realizada todos os anos dentro da programação da campanha Agosto Dourado. “Empoderar mães e pais, favorecer a amamentação” é o tema da campanha mundial. Várias mães e seus bebês que são alimentados exclusivamente no peito foram levar suas experiências exitosas para outras mães.

 

Ao lado do secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi, Dayana Mejia disse que o evento é um apelo de responsabilidade social e familiar. O Agosto Dourado, segundo ela, precisa ser praticado todos os dias, daí a importância da integração entre as ações de Governo e Prefeituras para que a orientação e o conhecimento sobre o ato de amamentar exclusivamente até os 6 meses chegue a todos.

 

Para a secretária, amamentar é um ato de amor, de vida e de saúde. Mas, acima de tudo, de fortalecimento do vínculo familiar e construção do ser humano.  “O empoderamento não precisa ser apenas para os pais ou para as mães, o empoderamento tem  que ser social, é importante a participação do pai, dos avôs dos irmãos. Com isso, estamos refazendo a base da nossa origem social, que é família e fortalecendo a formação do ser humano desde o seu primeiro dia de vida”, afirmou Dayana Mejia.

 

O secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi, falou sobre as vantagens do aleitamento materno nos primeiros meses de vida. “Todos os estudos mostram que a criança, quando bem cuidada e amamentada na primeira infância, tem nível de escolaridade melhor, cresce mais saudável e tem melhores oportunidades”.

 

FOTOS: Claudio Heitor/Secom