ACESSIBILIDADE

SES-AM

Secretaria de Estado de Saúde



Pesquisa da FMT é premiada no 74º Congresso da Sociedade Brasileira de Dermatologia

12/09/2019 16:52:52

Um trabalho da Residência em Dermatologia da Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD) foi premiado no 74º Congresso Brasileiro de Dermatologia, que reúne especialistas de todo o mundo no estado do Rio de Janeiro. A pesquisa sobre Lúpus Eritematoso no couro cabeludo ganhou destaque na categoria MiniComunicação.

 

Desenvolvido pelos médicos residentes em dermatologia, com supervisão dos Dermatologistas da FMT-HVD, o trabalho foi um estudo de caso de doenças no couro cabeludo, no qual a paciente, que estava com calvície em razão do Lúpus Eritematoso, com tratamento conseguiu reverter a queda de cabelo.

 

A médica residente da FMT-HVD, Cleide Garbelini Lima Forneck, fará a apresentação oral do trabalho nesta sexta-feira (13/09). “Os relatos de caso impactam indiretamente o usuário, na medida em que mostram a outros dermatologistas e profissionais da saúde, casos raros ou como conduzir situações difíceis”, disse a médica.

 

A FMT-HVD possui um ambulatório especializado em doenças dos cabelos, que funciona todas as sextas-feiras, sob a supervisão da dermatologista Dra. Virginia Vilasboas, especialista em tricologia.

 

Atualização – A participação em congressos é importante não apenas para divulgação da produção cientifica da Fundação, mas também para aprimorar o atendimento aos usuários. Para a dermatologista da FMT-HVD, Dra. Mara Lúcia Gomes, o principal beneficiado é o usuário do sistema de saúde.

 

“O objetivo da participação em congressos é a atualização e reciclagem profissional, visando sempre o melhor atendimento ao paciente”, disse a médica.

 

A Fundação de Medicina Tropical é referência no serviço de atendimento Dermatológico, não só no Amazonas, mas em toda a região Norte. “É extremamente necessário estarmos atentos a novas abordagens diagnósticas e terapêuticas”, disse a médica Mara Lúcia Gomes.

 

A médica afirma que nos congressos há sempre preocupação com a aplicação das novas técnicas para o serviço público. “Muitos palestrantes dos congressos trabalham também em serviços públicos, portanto sempre são discutidas opções de técnicas e tratamentos mais acessíveis”, disse.

 

FOTO: Divulgação/FMT-HVD