ACESSIBILIDADE

SUSAM

Secretaria de Estado de Saúde



Sistema de transferência de pacientes e experiências do HPS João Lucio na pauta do CBEn

12/11/2019 19:07:38

O sistema de transferência de pacientes criado por profissionais da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (Susam) está entre os trabalhos apresentados no 71º Congresso Brasileiro de Enfermagem (CBEn), que começou nesta segunda-feira (11/11).

 

Com o tema “Enfermagem e os sentidos da Equidade”, o evento acontece até quinta-feira (14/11), em Manaus, no Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques, localizado na avenida Constantino Nery, bairro Flores, zona centro-sul de Manaus, com apoio do Governo do Amazonas.

 

Além do projeto da Susam, outros trabalhos de profissionais da rede  estadual de saúde estão sendo apresentados no evento. A equipe de enfermagem do Hospital e Pronto-Socorro (HPS) João Lucio Machado, na zona leste, compartilhou na manhã de terça-feira (12/11) experiências exitosas com toda a enfermagem brasileira, fortalecendo a ciência e o aprendizado.

 

Foram apresentados 13 trabalhos pelo HPS João Lucio, entre eles “O despertar para Segurança do Paciente a partir da Higiene de Mãos: Um relato de experiência”, “Comunicação efetiva para qualidade em saúde em uma Unidade de Terapia Intensiva”, “Empoderamento socioeducativo da enfermagem no manejo da sepse na Unidade de Terapia Intensiva, Realidade ou Utopia” e “Implantação do Protocolo de Lesão por Pressão em uma Unidade de Terapia Intensiva de um Hospital Público do Amazonas”.

 

Sister – Já o projeto da Susam denominado Sistema de Transferências de Emergências Reguladas (Sister) é foco da apresentação “Uma solução tecnológica de regulação de urgência e emergência na região amazônica”, a ser feita na tarde dessa terça-feira pelo secretário de Estado de Saúde do Amazonas, Rodrigo Tobias, e equipe.

 

A ferramenta organizou os processos de transferências de pacientes entre interior e Manaus, entre unidades da capital, e, principalmente, diminuiu o tempo médio de espera pelas remoções.

 

“Além de se mostrar uma solução para a regulação de pacientes, o Sister é uma ferramenta de planejamento. Isso porque, a partir de sua implantação, conseguimos obter informações importantes para fomentar decisões e melhorar nosso planejamento”, diz Rodrigo Tobias, um dos autores do trabalho. O Sister foi implantado em junho deste ano.

 

Um dos pontos que contribuíram para a redução do tempo de espera das transferências via Sister foi a definição de padrões, o que afastou a informalidade no fluxo de transferências do processo. Antes, esses pedidos de transferências eram feitos por troca de mensagem via WhatsApp.

 

Os autores do trabalho são Roberto Maia Bezerra, Rodrigo Tobias de Souza Lima, Dayana Priscila Mejia de Souza, Cássio Roberto do Espírito Santo, Jani Kenta Iwata e Mônica Lima de Melo e Melo.

 

Abertura – Na abertura do congresso, na noite da segunda-feira (11/12), o secretário Rodrigo Tobias destacou a importância da equidade na saúde, que é um dos princípios do SUS.

 

“Estamos muito felizes de recebermos eventos como este, que é uma oportunidade de refletir a ciência, a assistência em enfermagem, no Brasil e na América do Sul. Eu dizia que o tema do Congresso é muito pertinente aos dias de hoje. A enfermagem e a equidade não podem andar separados”, disse Rodrigo Tobias.

 

A equidade é um dos três objetivos do SUS. O objetivo desse princípio é diminuir desigualdades. Isso porque, apesar de todas as pessoas possuírem direito aos serviços, as pessoas não são iguais e, por isso, têm necessidades distintas. Desta forma, equidade significa tratar desigualmente os desiguais, investindo mais onde a carência é maior.

 

“O Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual de Saúde, tem o compromisso de promover na sua plenitude um dos princípios do SUS, talvez um dos mais difíceis, que é a equidade – tratar desiguais de formas diferentes. Oferecendo o melhor da assistência, oferecendo o que temos de melhor na gestão, voltando-se para todos, mas dentro de suas especificidades”, declarou o secretário.

 

FOTOS: Divulgação/Susam