ACESSIBILIDADE

SUSAM

Secretaria de Estado de Saúde



Hospital João Lúcio inicia treinamento de projeto que reduz superlotação hospitalar

12/02/2020 19:00:35

O Hospital e Pronto-Socorro (HPS) João Lúcio Machado, da rede estadual de saúde, é a primeira unidade no Amazonas a receber o treinamento do projeto “Lean nas Emergências”, realizado pelo Hospital Sírio-Libanês, em parceria com o Ministério da Saúde (MS). Nesta quarta-feira (12/02) servidores da unidade iniciaram a capacitação do projeto cujo objetivo é reduzir a superlotação e o tempo de espera em unidades de urgência e emergência pelo Brasil.

Além do HPS João Lúcio, foram selecionados para participar do projeto nacional, no Amazonas, o Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto e o Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo. Nos dias 19 e 20 será a vez do Platão Araújo iniciar o treinamento.

“Nós temos certeza que, a partir do momento da implantação dessa nova metodologia, com o envolvimento e com o comprometimento da equipe como um todo, nós faremos uma mudança radical na prestação dos nossos serviços”, afirmou o diretor do HPS João Lúcio Machado, Silvio Romano.

O treinamento no João Lúcio será ministrado até esta quinta-feira (13/02) pelo engenheiro de produção Gustavo Gonçalves de Souza, pesquisador em Inovação e Empreendedorismo em Saúde; e pelo médico emergencista e intensivista Leonardo de Lima Leite, que é pós-graduado em Gestão Hospitalar e Administração em Saúde.

De acordo com o diretor do João Lúcio, durante seis meses, os consultores virão até a unidade, a cada 15 dias, para novos treinamentos.

“Com certeza, conseguiremos melhorar os nossos fluxos, melhorar os nossos atendimentos e, com isso, nós oferecermos uma melhor assistência para a população”, disse.

Projeto – É um projeto do Ministério da Saúde desenvolvido por meio do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS - Proadi/SUS, executado em parceria com o Hospital Sírio-Libanês. Em 2020, o MS pretende implantá-lo em 100 unidades de saúde pelo Brasil. Lean é uma filosofia de gestão voltada à melhoria de processos com base em tempo e valor e foi desenhada para assegurar fluxos contínuos e eliminar desperdícios e atividades de baixo valor agregado. O piloto do projeto foi realizado em 2017, em seis instituições públicas de saúde.

Objetivos do Lean - Redução de superlotação nas unidades de emergência por meio de sistema de gestão que padroniza processos internos; redução do tempo de permanência; maior efetividade e produtividade.