ACESSIBILIDADE

SES-AM

Secretaria de Estado de Saúde



SES-AM recebe apoio da Organização Internacional para Migrações no enfrentamento da Covid-19

24/02/2021 15:00:10

Organização vinculada à ONU irá apoiar na manutenção de ações permanentes da SES em combate ao novo coronavírus

 

O secretário de Estado de Saúde (SES-AM), Marcellus Campêlo, participou, nesta quarta-feira (24/02), de reunião com representantes da Organização Internacional para Migrações (OIM), vinculada à Organização das Nações Unidas (ONU), para definir ações de apoio no enfrentamento da pandemia do novo coronavírus.

 

O chefe da missão da OIM no Brasil, Stéphane Rostiaux, afirmou que a organização pode auxiliar a SES-AM com doações de medicamentos e equipamentos de proteção individual (EPIs). Stéphane frisou que o fortalecimento das ações de saúde nos municípios evita o deslocamento da população para a capital e, consequentemente, a sobrecarga na rede estadual.

 

“Estamos apoiando com a doação de medicamentos e equipamentos em função das prioridades e necessidades definidas pela secretaria. Queremos continuar essas doações e também desenvolver novas atividades que vão permitir continuar a apoiar as populações remotas de Amazonas, ribeirinhas e indígenas”, declarou.

 

Apoio às ações permanentes – O secretário Marcellus Campêlo afirmou que o apoio será aceito para execução das ações permanentes de saúde e de combate à pandemia. “Esse foi o primeiro contato para abrir um leque de possibilidades, e uma das que mais se tornaram viáveis e concretas foi o apoio a alguns tipos de medicamentos que estamos precisando, mas também o apoio à assistência psicossocial aos profissionais de saúde”, disse.

 

A OIM disponibilizou à SES-AM uma parceria existente com a Universidade de São Paulo (USP), para atendimento psicossocial dos profissionais da saúde que estão na linha de frente da Covid-19. Segundo Marcellus Campêlo, a ação irá somar esforços na reestruturação da política de saúde mental, em execução pela secretaria.

 

“Nos disponibilizaram para fazer esse intercâmbio, e a nossa equipe da saúde mental vai começar a trabalhar em conjunto para ver de que forma a gente pode oferecer esse apoio psicossocial aos nossos profissionais da saúde. É uma primeira conversa de alinhamento. Abriram-se pelo menos seis grandes possibilidades. Algumas que podem ser implementadas de forma imediata e outras que precisamos conversar mais, detalhar mais e inscrever projetos a respeito”, ressaltou Campêlo.

 

A organização ofereceu também o auxílio da equipe de profissionais da saúde da IOM, formada por médicos, enfermeiros e psicológicos, para atuar na estrutura do Estado, fortalecendo a assistência à saúde.

 

“Temos boas perspectivas de desenvolver novos projetos com a secretaria. São várias atividades que foram discutidas hoje e esperamos que vamos com o tempo aprimorar, melhorar e incrementar em conjunto com o Estado do Amazonas”, finalizou o chefe da IOM.

 

IOM – A Organização Internacional para as Migrações (OIM) foi criada em 1951. Trata-se de uma organização intergovernamental, no âmbito da migração, que trabalha em colaboração com associados governamentais, intergovernamentais e não governamentais.

 

FOTOS: Rodrigo Santos/SES-AM